Celulite x Alimentação

Cerca de 95% das mulheres sofrem, ou já sofreram com celulite. Ou seja, quase todo mundo tem essas marquinhas nas pernas, coxas ou braços. O que varia é a intensidade – graus maiores ou menores. A notícia boa é que tem como tratar e evitar a celulite – e a sua alimentação pode ajudar nisso.

Alimentos para evitar

Por definição a celulite é um depósito de gordura sob a pele. Claro que não é só a obesidade que é capaz de provocar as marquinhas – outros fatores, como a hereditariedade também ajudam – mas, a chance de uma pessoa com excesso de peso desenvolver a celulite é grande, principalmente para aqueles que abusam nos alimentos com alto teor de açúcar, carboidratos e industrializados. O sedentarismo também pode ser um grande causador desse mal. Então, já sabe o segredo é deixar a batata frita e as balas de lado e praticar exercício físico para diminuir as chances de vilã aparecer. Ah, e vale mais uma dica: controle o excesso de café ao longo do dia. A bebida é diurética e, em excesso, pode causar desidratação e favorecer o aparecimento da celulite. Bebidas alcoólicas também são perigosas, elas contribuem para o inchaço e para retenção de líquido, cenário perfeito para as celulites.

Alimentos para investir

E também vale consultar sua nutricionista para entender equilibrar seu cardápio, e diminuir a celulite. Alguns pratos ajudam bastante nesse processo. É o caso da banana. Essa fruta é capaz de estimular a atividade do intestino e diminuir a absorção de gorduras. A cenoura, conhecida por fazer bem aos nossos olhos, auxilia também no combate a celulite, porque diminui a inflamação das células. E as oleaginosas que a gente ama tanto como amêndoas, nozes, castanhas são aliadas no combate a celulite, porque ajudam a estimular a circulação sanguínea. Vale a pena também apostar nos peixes, como salmão, frutas cítricas e sempre em tomar a quantidade de líquido certa todos os dias.

 Tratamentos para celulite

Alguns tratamentos feitos aqui na clínica também ajudam a tratar a celulite. A drenagem linfática, por exemplo, é indicada para celulite de grau 1 (quando as marquinhas são menores), os bioestimuladores são ideias para as celulites de grau 2 (quando os furinhos são aparentes e incomodam) e o grau 3 da celulite (considerado um dos mais intensos, com nódulos aparentes na região da celulite), tem como indicação tratamentos combinados com laser infravermelho, drenagem linfática e bioestimulador. Mas, sempre vale a visita no meu consultório para descobrirmos quais são os melhores procedimentos para deixar sua pele livre da celulite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo