As doenças de pele mais comuns no inverno – e como tratá-las

Tomar uma sopinha bem quente, dormir um sono pesado, viajar para o campo… O tempo frio é para, muita gente, uma delícia. Mas, não devemos esquecer que essa época também pode favorecer alguns probleminhas na pele. Por conta da menor transpiração, nossa pele fica mais ressecada e algumas atitudes como, ficar horas no banho quente, podem agravar ainda mais a situação. Para não sofrer com esses probleminhas, vale a pena seguir algumas regras básicas para cuidar da sua pele no inverno (como já falei por aqui) e também ficar atenta a alguns sintomas, que podem sinalizar uma doença de pele nesta época do ano.

Xerose Cutânea

O que é?

O nome pode soar diferente, mas essa doença nada mais é do que a pele muito seca. “Xero”, em grego quer dizer seca e “Osis”, doença. Ela acontece quando nossa pele fica muito ressecada, com falta de água – que pode ocorrer tanto como consequência de algumas doenças como diabetes, quanto pelo processo natural de envelhecimento da pele ou, até mesmo, pela falta de hidratação em períodos mais secos do ano.  

Sintomas

A pele fica com aspecto seco, áspera e pode descamar bastante, desenvolvendo pequenas peles brancas – como quando a pele descasca depois de um dia de sol intenso. Nos casos mais graves, é possível notar pequenas fissuras na pele também, que podem ser dolorosas, e rachaduras.  

Tratamento

Quem vê a pele seca se manifestar, deve evitar lavar o rosto com água muito quente (dica que vale para todo mundo neste período). É necessário também buscar ajuda de sua dermatologista para ela indicar cremes hidratantes, produtos em gel e substâncias, como as base de ácido glicólico e vitamina E, que ajudam reter água na pele.

Dermatite Seborreica (Caspa)

O que é?

Conhecida popularmente como a caspa, a dermatite seborreica é uma inflamação na pele, que causa descamação e vermelhidão, pode ser crônica e acontecer por diversos fatores, incluindo a genética, estresse, oleosidade e baixas temperaturas.

Sintomas

Ao contrário do que muita gente pensa, a caspa não atinge só o couro cabeludo, como também outras partes do corpo em que nascem pelos (axilas, pernas, costas). Os sintomas, de maneira geral, são coceira, vermelhidão na pele, escamas brancas que caem da região e, se o caso for mais grave, feridas – principalmente as causadas pela coceira.

Tratamento

Cada região é tratada de uma maneira. Na região mais comum do couro cabeludo, por exemplo, a dermatologista pode indicar o uso de xampus a base de substâncias como ácido salicílico e antifúngicos. Em outras regiões, pode ser indicado o uso de pomadas corticosteroides e anti fúngica. Mas é superimportante sempre consultar sua dermatologista, antes do tratamento.

Dermatite Atópica

O que é?

É uma das doenças mais clássicas de inverno, que piora bastante com os exagerados banhos quentes e o tempo seco.  A perda da barreira protetora da pele, que se pode ter com a água quente, deixa nosso corpo mais suscetível a dermatite. É uma doença também bastante comum em crianças que têm alergias como rinite e sinusite.

Sintomas

Além de provocar uma incômoda coceira, a dermatite atópica pode levar a formação de camadas, que ficam como crostas no corpo, que descamam. As crises de dermatite podem acontecer com intervalos de meses, ou até mesmo, de anos.

Tratamento

Alguns casos de dermatite atópica podem evoluir para quadros inflamatórios, por isso, é superimportante que sua dermatologista avalie o estágio da doença para identificar o melhor tratamento. Podem ser indicados produtos para controle da coceira, hidratantes para a pele ressecada e em alguns casos, anti-inflamatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo